O preenchimento facial com ácido hialurônico foi liberado para uso dos dentistas em março de 2014 pelo Conselho Federal de Odontologia.

O que é:
O ácido hialurônico é uma substância injetável que estimula a produção de colágeno. Ela atenua leves desequilíbrios na mandíbula ou nos lábios e serve também para preencher determinadas áreas da face que estão direta ou indiretamente ligadas ao funcionalismo ou à estética odontológica.

Ele é considerado uma substância orgânica e por isso seu uso é seguro quando aplicado em procedimentos estéticos e odontológicos.

Os cirurgiões-dentistas, possuem o aval para preencher determinadas áreas da face com ácido hialurônico, sobretudo aquelas que afetam estética e/ou funcionalmente o paciente. Tal aval se justifica principalmente pelo alto conhecimento anatômico do cirurgião-dentista a respeito de toda essa região ‒ conhecimento este que, associado ao seu elevado senso de estética e proporções ideais, faz com que o dentista seja um dos melhores profissionais para atuar com essa técnica.

De acordo com especialistas.o preenchimento com ácido hialurônico é eficaz para suavizar sinais de envelhecimento.

Aqui estão algumas das finalidades para as quais o tratamento é indicado:

  • Remover rugas ao redor da boca
  • Remover marcas de expressão, “bigode chinês” e “rugas de marionete”
  • Preenchimento da região malar
  • Contorno da mandíbula
  • Suavizar olheiras
  • Aumentar o volume dos lábios
  • Entre outros tratamentos de harmonização facial

As injeções de ácido hialurônico são aplicadas depois de uma anestesia local, que torna o procedimento completamente indolor ‒ o que é outro diferencial da aplicação em âmbito odontológico. Eventualmente, podem ocorrer leves edemas e inchaços na pós-aplicação, que geralmente desaparecem em até 24 horas.

O ácido hialurônico é completamente absorvível pelo organismo em um período variável de 6 a 8 meses, constituindo, assim, um preenchimento não definitivo. Para continuar desfrutando os efeitos da aplicação em longo prazo, é imprescindível realizar manutenções semestrais ou anuais, conforme a indicação do cirurgião-dentista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*